28 de julho de 2014

HOMEM É PRESO E CONFESSA ASSASSINATO EM CUITÉ E DISSE "ANTES A MÃE DELE CHORANDO QUE A MINHA"

Numa ação rápida das polícias militar e civil, foi preso na cidade de jaçanã/rn, na tarde dessa segunda-feira (28), um homem conhecido como branquinho. ele é da cidade de nova floresta e confessou ter matado seu conterrâneo Márcio Araújo dos santos, conhecido como márcio de erin, na feira de cuité.

Branquinho utilizou um revolver calibre .38 para cometer o crime. eles estavam caminhando na feira livre de cuité, quando branquinho desferiu vários tiros em márcio que morreu na hora.


Branquinho teria fugido de cuité com auxílio de um mototáxi e teria parado na divisa cuité/nova floresta para se livrar da arma de fogo. ao chegar em nova floresta ele teria se evadido para jaçanã, onde foi preso.
ao ser indagado pela polícia, branquinho confessou ter matado márcio e disse que a vítima já havia o ameaçado de morte várias vezes. "antes a mãe dele chorando que a minha", disse branquinho ao repórter da 89fm.

O Mototáxi foi detido pela polícia para prestar esclarecimentos. branquinho disse que o Mototáxi parou para que ele se desfizesse da arma de fogo, mas o Mototáxi, que não teve o nome revelado, nega essa informação.
a polícia continua trabalhando no caso. mais informações a qualquer momento sobre esse caso. a reportagem completa você confere amanhã, às 7h, no café com notícias.

Entenda o caso

registrado homicídio na feira de cuité nesta segunda-feira
foi registrado nesta segunda-feira (28), um homicídio que vitimou Márcio Araújo dos santos, de 28 anos, mais conhecido como Márcio de erin. ele é da cidade de nova floresta e de acordo com informações já havia sofrido uma tentativa de homicídio a cerca de 15 dias.


Segundo testemunhas, ele vinha caminhado na feira pública de cuité, por volta das 15h30, próximo aos banheiros públicos, com um rapaz (que também seria de nova floresta e que foi o autor do disparo) quando foi atingido por um tiro de arma de fogo e morreu na hora. não houve discussão aparente.
o samu chegou a ser acionado, mas márcio já estava em óbito. a polícia foi ao local para as medidas cabíveis.
márcio tinha passagens pela polícia, chegando a cumprir pena, e de acordo com informações era usuário de drogas. 
O assassino tomou destino ignorado. por sorte ninguém mais se feriu, haja visto a grande quantidade de pessoas que estavam no local devido a realização da feira de cuité.

central de jornalismo da 89fm






Arquivo do blog