19 de abril de 2014

ENCENAÇÕES DA PAIXÃO DE CRISTO DE CUITÉ, VOLTOU APÓS 08 ANOS E FOI UM VERDADEIRO ESPETÁCULO

As encenações da Paixão de Cristo de Cuité – 2014, nos dias 17 e 18 respectivamente quinta e sexta-feira da Paixão, realizado pela Prefeitura Municipal de Cuité em nome da Prefeita Euda Fabiana e do Secretário de Cultura Jeancarlo Sousa, pela UFCG-CES-Cuité (Ramilton Marinho – Diretor do CES) e do Ponto de Cultura “Portadores de Eficiência (Ismael Moura/ Robson Peixoto), no maior e mais bonito Teatro ao Ar Livre da Paraíba, cidade cenográfica digna de aclamação nacional, que atraiu nas duas noites um público aproximado de 16 mil pessoas, dentre eles cuiteenses que faziam muitos anos que não vinham a cidade e autoridades a exemplo do Deputado Federal Manuel Junior (colaborador), o que rendeu para o Banco de Alimentos (alun@s de nutrição da UFCG e Funcionários da Assistência Social), criado pela Lei Municipal do Senhor Vereador Max Webber aproximadamente 15 toneladas de alimentos
Uma estrutura de luzes, som, equipamentos que geraram efeitos especiais lindos de se ver, e dignos de muitos aplausos que foi o que não faltou... A cada cena, a cada gesto, a cada momento do espetáculo, o público agia com muita alegria e transparecia emoção através das lágrimas e dos gritos emocionados de aclamação.

A história é conhecida, mas a criatividade foi marco do grande sucesso ao qual temos que agradecer a todos os participantes destacando o Cineasta Ismael Moura que dirigiu brilhantemente todo o espetáculo, a equipe técnica que não media esforços na produção de cada momento, aos atores que deram de si tudo que realçasse a originalidade, dentre eles crianças e idosos (Grupo Alegria de viver), visitantes (turistas), comitivas de outras localidades, como as cidades circunvizinhas e toda comunidade Cuiteense, assim conclui-se que Cuité devolveu ao Curimataú e Seridó Paraibano um dos MAIS BONITOS CENÁRIOS DE TEATRO AO AR LIVRE DA PARAÍBA e um DOS MAIS BONITOS ESPETÁCULOS DE TODOS OS TEMPOS, a história do Salvador.

Aos figurinistas Hallison Gomes e Jefferson Radan, ao Cenógrafo Rogério Santos e Edgley, ao responsável pelos efeitos especiais Jefferson Ferreira, que pensaram dedicadamente em cada cantinho mesmo aqueles que ficavam distante do público mais que traria a cena e para os atores a verdade da história, a Dioclébio pelas brilhantes dublagens, aos vigilantes da UFCG – CES que deram todo suporte necessário ao público, à equipe de funcionários da Prefeitura especialmente da Secretaria de Transportes e Infraestrutura que diuturnamente se empenharam em cada detalhe, enfim a equipe de iluminação, de som, equipe da Polícia Militar da Paraíba, SAMU 192, cuidadores dos animais que também fizeram parte da cenografia a todos a partilha deste sucesso grandioso que sem dúvidas voltou para ficar e se repetir a cada ano. 

Ao encerrar a parte de locução o locutor declamou: Vão todos em paz, na certeza da volta ano que vem e que em 2015 possamos nos encontrar aqui para nos emocionarmos mais uma vez, com as bênçãos do Senhor Jesus. Amem. “Ressalta o Pe. Luciano Guedes ao se dirigir ao locutor logo após estas palavras: Esta foi a palavra mais adequada, para encerrar a sua narrativa – Amem”.


ASCOM/PMC





























































































































































Fotos: Wandson Lima

Arquivo do blog