8 de janeiro de 2014

9º BPM FAZ BALANÇO POSITIVO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS EM 2013


Na manhã desta terça-feira, 7, o comando do 9º Batalhão de Polícia militar reuniu-se com todo o seu efetivo policial visando traçar novas metas a serem alcançadas no ano que se inicia, bem como para fazer um balanço positivo das ações que foram desenvolvidas ao longo de todo o ano de 2013, além de expor dados relativos à redução dos índices de criminalidade em toda a região de abrangência da unidade.



Em relação ao ano de 2012, o 9º BPM reduziu (no ano de 2013) em 33% o número de roubos a estabelecimentos comerciais. Houve também redução de 14% no número de roubo a veículos. Quanto às prisões efetuadas em flagrante delito, estas tiveram um aumento de 90%.

O número de pessoas presas por envolvimento com o tráfico de drogas em toda área de abrangência do 9º BPM aumentou em 10%. Já o número de pessoas presas por porte ilegal de arma de fogo teve um aumento considerável de 53%.

Em 2013, foram retiradas de circulação 38 armas de fogo, isso significa uma média aproximada de três armas de fogo por mês. Outros números positivos estão relacionados aos veículos roubados/furtados que foram devolvidos aos seus proprietários legais, um aumento de 127% em relação ao ano de 2012. 

No ano de 2013 o 9º BPM foi agraciado com a implementação da Patrulha Rural da 1ª Companhia (PR/1), antiga reivindicação da comunidade rural, ressalte-se: primeiro posto avançado da Polícia Militar da Paraíba com sede instalada no distrito Santa Luzia, município de Picuí. No mesmo município, houve também a implementação de um Posto Avançado da Patrulha Rural (PR/1) na Serra dos Brandões.

No município de Barra de Santa Rosa, o 9º BPM inaugurou o 4º Pelotão da 2ª Companhia, bem como a Patrulha Rural da 2ª Companhia (PR/2). De acordo com o Comandante da Unidade, o Major Afonso Antônio Galvão, o 9º BPM recebeu, ainda, novos armamentos modernos e coletes balísticos que passaram a ser empregados no serviço ostensivo diário garantindo, assim, uma maior segurança tanto para a sociedade quanto para os policiais miliares que passaram a fazer uso dos mesmos garantindo, inclusive, um aumento do número de veículos roubados recuperados e de prisões em flagrante delito.

O Comandante destacou, também, que cada cidade que integra a área circunscricional agora conta com, no mínimo, uma viatura destinada ao serviço de rádio patrulhamento. Outras vitórias obtidas ao longo do ano de 2013 foram: a implementação do Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência (Proerd), a reestruturação dos destacamentos policiais de Cubati, Frei Martinho e São Vicente do Seridó com instalações, viaturas, armamentos e equipamentos novos.

Encontra-se em fase de implementação e instalação da Patrulha Rural 3 (PR/3) com um posto fixo no distrito do Melo, município de Cuité. Já a implementação da prática desportiva com vista à melhoria do condicionamento físico dos militares e a integração do efetivo (oficiais e praças) foi um ponto positivo alcançado ao longo do ano que se encerrou. Ainda visando melhorias na saúde do policial militar, o Major Galvão destacou a aquisição de uma cota mensal em dinheiro destinada ao auxílio saúde dos militares.

A prestação de um bom serviço à sociedade com: profissionalismo, dedicação e empenho dispensados ao serviço, motivou o reconhecimento da sociedade, que agraciou o Comando do 9º BPM com títulos e moções de aplausos. A saber:

a)      Títulos de Cidadanias concedidos pelas Câmaras de Vereadores das cidades de: Picuí, Cuité, Barra de Santa Rosa e Nova Floresta.

b)      Moção de Aplauso concedido pela Câmara de Vereadores da Cidade de Picuí.

Em consonância ao Programa de Ações Policiais Monitoradas, a Unidade Militar realizou as seguintes operações: Divisa Segura, Risco Zero, Nômade, Malhas da Lei, Saturação, Visibilidade e Sossego, efetuando-se prisões e apreensões. Planos Operacionais foram realizados pelo Comando do Policiamento Regional I e desencadeados, também, na área de atuação do 9º BPM. Destaque para as operações: Carnaval Seguro, Semana Santa, São João, ENEM, Eternidade e Operação Abono Natalino.

A segurança de diversos eventos realizados em praças públicas das diversas cidades que compõem a área do batalhão também garantiu o clima pacífico desejado. Foram festas de emancipações políticas e de padroeiras de cada município, festejos carnavalescos, festejos Juninos, Festa do Motocross (Cubati) e Festival da Carne de Sol (Picuí), dentre outras.

Ao longo de todo ano de 2013, os policiais do 9º BPM efetuaram 591 (quinhentos e noventa e um) encaminhamentos de ocorrências policiais à Delegacia de Polícia (prisões e apreensões), apreendeu 38 (trinta e oito) armas de fogo, 59 (cinquenta e nove) veículos que se encontravam com queixas de roubo/furto, devolvendo-os aos seus legítimos proprietários.

Os números apresentados representam as ocorrências registradas em todas as cidades da área de responsabilidade do 9º Batalhão. Durante o ano, registrou-se 18 (dezoito) ocorrências dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), portanto uma proporção de 16 casos para cada grupo de 100 mil habitantes; números aceitáveis, considerando índices de outros centros. Nessa mesma linha estão as ocorrências de Crimes Violentos Patrimoniais (CVPs), números bem abaixo daqueles verificados noutros centros.

Como metas a serem alcançadas no ano que se inicia, o Major Afonso Antônio Galvão, em entrevista concedida a diversos órgãos da imprensa destacou: a construção do quartel do 9º Batalhão na cidade de Picuí, a implementação da Patrulha Rural 3 – PR/3 com sede na cidade de Pedra Lavrada, o aumento do efetivo do 9º Batalhão (oficiais e Praças), para melhor otimização do serviço operacional.

“Todos esses feitos não seriam possíveis sem o apoio daqueles que integram o 9º Batalhão de Polícia Militar e que mostram comprometimento com serviço policial militar, bem como dos policiais civis pertencentes à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil que durante todo o ano de 2013, de forma harmônica, desenvolveram uma série de operações conjuntas, ‘fechando’ o ano com resultados positivos na redução da criminalidade”, concluiu o Major Galvão.

Blog do Flávio Fernandes
Com Assessoria

Arquivo do blog