24 de abril de 2013

SECRETÁRIO DE CULTURA AGRIDE PRODUTOR DA BANDA BONDE DO BRASIL

O secretário de Cultura da cidade de Monteiro, Alexandre Cesar, conhecido como ‘Bilu’, vai responder a inquérito policial por lesão corporal. Ele é acusado de ter agredido fisicamente o produtor cultural Thiago de Araújo Rafael, da Banda Bonde do Brasil. A agressão ocorreu durante um evento e, segundo a delegada Wanderleia Gadi, o acusado admite o fato alegando apenas que foi por questões pessoais.

Ao ser interrogado pela delegada, Bilu confirmou a agressão e disse que o crime ocorreu após ser insultado diversas vezes pelo produtor musical em uma churrascaria. “Alexandre e o Thiago não se falam desde o rompimento de um evento na cidade. A partir desse dia, Thiago teria começado sessões de piadas dirigidas ao secretário”.

Ainda durante depoimento, o secretário disse que houve bate-bocas dentro do estabelecimento, mas a briga foi apartada. “Alexandre revelou que o produtor ficava zoando com o nome da mulher do secretário que é a cantora de forró, Luciene Mello”, disse a delegada.

Segundo a delegada, o produtor musical arranhou o veículo do secretário e vai responder pelo delito. “Ao ver seu carro arranhado e ainda ter sido puxado pela camisa, Alexandre teria reagido e espancado o produtor. Instaurei dois procedimentos e tanto o secretário quanto ao produtor musical assinaram o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)”.

O secretário disse que não é “uma pessoa violenta, gosta de paz, porém, não pode admitir que pessoas o desrespeitem e à sua família. Trabalho muito para adquirir as minhas coisas. É revoltante ver alguém lhe desafiando, mexendo com a coisa mais sagrada que você tem que é sua família. Sou bom filho, bom pai, bom esposo, cumpridor dos meus deveres, cidadão de bem, porém, respeito todo mundo tem que dar para ser respeitado", revelou Alexandre.

De Olho no Curimataú
Folha do Sertão

Arquivo do blog