26 de abril de 2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUITÉ LANÇA PROJETO PIONEIRO NA REGIÃO COM FAMÍLIAS DA ZONA RURAL

A Prefeitura Municipal de Cuité, através da Secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), lançou na manhã desta quarta-feira (24) o projeto “Colhendo Cidadania” na comunidade Três Marias do Sítio Bujarí, zona rural do município.


Pioneiro em parcerias públicas e setoriais, dentro do programa ‘Brasil sem Miséria’, o projeto tem como objetivo a erradicação da necessidade nutricional e alimentar, o mesmo consiste na criação de uma horta comunitária onde serão produzidos alimentos a serem consumidos pela comunidade e ainda vendidos na feira livre da cidade, proporcionando uma alimentação saudável e gerando emprego e renda.

O projeto conta com o apoio das alunas do curso de nutrição da UFCG/Cuité, com informações sobre a adubação orgânica e os valores nutricionais dos alimentos e ainda com o acompanhamento do técnico agrícola da prefeitura, José Reginaldo da Silva.

De acordo com a professora do curso de nutrição da UFCG/Cuité, Vanille Pessoa, os agricultores estarão recebendo informações sobre os valores nutricionais dos alimentos e técnicas de compostagens. “Eles verão desde as técnicas de compostagem, de como trabalhar melhor a terra, que produto pode ser plantado, o que melhor se adapta a essa terra até os valores nutricionais desses alimentos”, destacou Vanille Pessoa.

Professora Vanille Pessoa 

Segundo o técnico agrícola José Reginaldo da Silva, este é um trabalho de resgate da agricultura tradicional. “Estamos resgatando a agricultura tradicional e implantando a agricultura moderna, ensinando o agricultor plantar, se alimentar corretamente dessa plantação e com o excedente fazer uma micro e pequena empresa para a própria comunidade”, declarou José Reginaldo.

José Reginaldo - Técnico Agrícola

Presente no evento, o secretário de agricultura do município, Giovanni Furtado, falou da parceria com o CRAS: “A secretaria de agricultura tem feito uma parceria muito importante com o Cras do Bujarí, liberamos sementes de coentro, couve e alface, liberamos esterco para ser usado como adubo e liberamos também a água para a irrigação da horta, eu quero parabenizar a equipe do Cras que está trabalhando com amor e carinho aos agricultores do Bujarí”, ressaltou o secretário.

Secretário Giovanni Furtado

A dona de casa Vitória Pinto é moradora da comunidade Bujarí e fala da importância do projeto “Colhendo Cidadania”: “É muito importante para a comunidade porque vai ajudar muita gente aqui, além de uma alimentação saudável a geração de renda para as famílias”, afirmou a dona de casa.


A dona de Casa Maria das Vitórias disse que é um projeto importante para
a comunidade



O aposentado Damião Taveira é morador da comunidade e há muitos anos sonhou com esse projeto, agora ele se sente honrado em vê-lo sendo executado. "Pra mim é uma grande honra ter vindo esse projeto para a nossa comunidade, graças ao esforço da prefeita e dos seus secretários", relatou o aposentado. 

O aposentado Damião Taveira comemorou a implantação do projeto

A coordenadora do Cras e idealizadora do projeto, Vitória Régia, fala da satisfação em pôr em prática este trabalho na comunidade: “É um trabalho satisfatório e principalmente democrático onde toda a comunidade está conseguindo enxergar o objetivo do projeto, eu acredito que esse projeto tem tudo para dar uma maior visão ao município de Cuité”, afirmou Vitória.

Vitória Régia - Coordenadora do Cras
O evento que foi animado pelo Trio Pé-de-Serra 'Jaçanã' e o grupo de fortalecimento e convivência ‘Jovens do Bujarí’ ainda contou com a participação do Secretário de Infraestrutura, Obras e Serviços Urbanos, Eliú Pessoa, do Secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Wagner Furtado, das coordenadoras do Pró-Jovem Adolescente do município, Marineide Gomes e Sônia Medeiros e do vereador da comunidade, Evanuel do Sindicato.



Ascom/Cuité – Flávio Fernandes – DRT – 4309
Fotos: Ascom

Arquivo do blog