7 de fevereiro de 2013

PETI DE CUITÉ ENCERRA COLÔNIA DE FÉRIAS COM DESFILE CARNAVALESCO


O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) de Cuité realizou na manhã desta quarta-feira (06) um desfile carnavalesco pelas principais ruas da cidade. Embalados ao som das velhas marchinhas de carnaval os alunos saíram às ruas com fantasias, brincadeiras e o tradicional mela-mela.

De acordo com a coordenadora do programa, Maria das Vitórias (Dilma), a atividade visou resgatar os velhos carnavais da cidade. “O objetivo desta atividade recreativa com nossas crianças é resgatar a nossa tradição [o carnaval de rua] e colocar as nossas crianças nas ruas onde eles irão reviver aquela cultura dos seus pais e avós”, destacou Dilma.

COLÔNIA DE FÉRIAS

Com a intenção de proporcionar uma programação diferente durante as férias dos alunos, a nova coordenadora, Maria das Vitórias (Dilma), realizou uma colônia de férias durante 12 dias, dentre as atividades, banho de sol na piscina, cinema no teatro, dia de piquenique no parque, dentre outras.

Segundo Dilma, a colônia também visou trazer de volta os alunos que estavam afastados do programa. “A colônia de férias foi de grande valia, nesses doze dias observamos que crianças que estavam ausentes do programa voltaram a participar das atividades e esse foi o nosso objetivo trazê-las de volta dando a elas atividades fora do espaço PETI com muita qualidade”, afirmou.

Ainda de acordo com a coordenadora, a colônia iniciou com 68 crianças e terminou com mais de 130, conquistando assim, a meta da atividade.

Desde que foi criado, O PETI de Cuité tem alcançado resultados satisfatórios, além de retirar as crianças da ociosidade o programa também às incluem em atividades culturais e oferece as mesmas oportunidades de aprimorar talentos através de atividades como dança e teatro.

RESULTADOS POSITIVOS

A cada dia é maior o número de mães que matriculam seus filhos no PETI, pois além de ocupar um tempo ocioso das crianças, o programa ainda ajuda no aprendizado e convivência dos alunos.

A dona de casa Marizete tem um neto que participa do programa há um ano e, segundo ela, o mesmo não perde um dia. “Eu acho muito bom porque aqui ele se diverte e aprende muita coisa, depois que ele passou a participar do programa ele melhorou muito o comportamento dentro de casa e na escola, perdeu a timidez e já se solta mais, ele não perde um dia”, revelou.

O PETI compõe o Sistema Único de Assistência Social (Suas) e tem três eixos básicos: transferência direta de renda a famílias com crianças ou adolescentes em situação de trabalho, serviços de convivência e fortalecimento de vínculos para crianças/adolescentes até 16 anos e acompanhamento familiar através do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Ascom/Cuité

Arquivo do blog