8 de fevereiro de 2013

FIM DA SECA: AESA PREVÊ QUE MARÇO SERÁ DE CHUVAS NAS REGIÕES MAIS ÁRIDAS DA PARAÍBA



Março é o mês do padroeiro dos agricultores, São José, e a chuva aumenta a esperança dos sertanejos.

Foto: Internet
Uma boa notícia para a população dos 196 municípios da Paraíba que vivem os drásticos efeitos da estiagem que se prolonga há meses e já diziou rebanhos e plantações. A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (AESA) prevê que março será um mês chuvoso em praticamente todas as regiões do Estado, incluindo as mais atingidas pela seca.

De acordo com a meteorologista do órgão, Marli Bandeira, o mês de março será um período chuvoso. Entretanto, ela alerta que fenômenos climáticos conhecidos como El Niño e La Niña, que são imprevisíveis, podem prejudicar a chegada das águas. “Se tudo ocorrer bem, março será chuvoso nas regiões do Sertão, Alto Sertão, Curimataú e Cariri”, prevê Marli.

Na última quarta-feira (6) já foram registradas no município Bonito de Santa Fé (no Sertão, a 493 km de João Pessoa) e Cajazeiras (no Sertão, a 476 km de Capital) precipitações de chuvas isoladas. Foram 45,7 mm em Bonito de Santa Fé e 13,2 mm em Cajazeiras. Mesmo pouco significatvias, as chuvas foram suficientes para renovar as esperanças de quem vive a maior seca dos últimos 30 anos.

Tradição

Para o homem do campo, o Dia de São José (19 de março) se reveste de grande importância. Reza a tradição que se chover na data, o ano será de bom inverno e de abundância. Porém, se as chuvas não se manifestarem, consideram-se perdidas as esperanças em relação às colheitas.

Os devotos de São José dizem que a tradição é plantar milho no dia do padroeiro e esperar pela chuva. Para o agricultor João Souza - que há mais de 10 anos planta todo dia de São José -, a expectativa é grande por essa chuva em março. “Quando chove nesse dia é sinal de abundância o resto do ano e de boas espigas na noite de São João”, acredita.

Expectativa

Por enquanto, abundância de chuva é apenas uma expectativa. A seca continua atingido os 196 municípios paraibanos, que estão com o abastecimentos de água feito de maneira emergencial, por meio de carros pipas. Festas de Carnaval foram canceladas em cidades sertanejas como Catolé do Rocha e Patos.

Parlamentares da Assembleia Legislativa (ALPB) criaram a campanha, SOS Seca, no dia 15 de janeiro, para chamar a atenção do Governo Federal com relação às ações emergenciais e duradoras no Semiárido nordestino.

Flávio Fernandes com Ascom

Arquivo do blog