25 de janeiro de 2013

CUITEENSE TIRA DO LIXO O SUSTENTO DA FAMÍLIA


Embora muitas famílias brasileiras retirem do lixo o sustento da família, apenas 5% do nosso lixo é reciclado, o que nos garante o título de país que menos recicla. Porém, quem usa essa alternativa como fonte de renda garante que o lucro é garantido. 

O senhor Adival Dantas da Silva, 48, morador da cidade de Cuité trabalha a dez anos com a reciclagem e conta com o apoio dos quatro filhos e da esposa. "Todos tem uma carrocinha e me ajudam no dia a dia", destacou

Para seu Adival, além dos gastos com alimentação, água e luz, ainda tem o aluguel da casa, que o mesmo consegue pagar graças ao Bolsa Família dos filhos. "Eu tiro R$ 70 do Bolsa Família, coloco mais R$ 10 e pago o aluguel da nossa casinha e com o da reciclagem dá pra fazer a feira e pagar as despesas da casa". afirmou  o Senhor Adival.

Somando toda a produção mensal da reciclagem, mesmo com a grande concorrência, o senhor Adival consegue fazer uma renda de R$ 600,00. Para uma família com 6 pessoas, é pouco, mas é a única alternativa para muitos que não tem outro meio de vida.

Flávio Fernandes

Arquivo do blog