27 de novembro de 2012

Prorrogadas inscrições para o concurso de curtas sobre a Lei Maria da Penha até 21/12



Concurso vai premiar cinco ganhadores com o valor de R$ 10 mil reais cada e exibir vídoes na TV Câmara e na rede de parceiros do Banco Mundial em todo o mundo

Pessoas interessadas terão até o dia 21 de dezembro para inscrever trabalhos e participar do 1º Concurso de Curta Documentários com temática referente à Lei Maria da Penha. O concurso é promovido pela Câmara dos Deputados, com apoio do Banco Mundial.

Os vídeos, com duração de 5 a 10 minutos, deverão contar histórias inéditas, no formato documentário ou reportagem, relacionados ao tema. O material, como especificado no edital do concurso, deverá ser encaminhado para o endereço:

“CONCURSO DE REPORTAGENS ESPECIAIS INÉDITAS PROCURADORIA ESPECIAL DA MULHER, TV CÂMARA E BANCO MUNDIAL”
Comissão Especial de Licitação
TV Câmara - Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Edifício Principal – Pavimento Térreo
Brasília – DF - CEP 70.160-900

Com o tema, “Tem uma história sobre a Lei Maria da Penha? Conte para o mundo!”, o concurso vai premiar cinco ganhadores com o valor de R$ 10 mil reais cada, além de dar a eles a oportunidade de ter os vídeos divulgados pela TV Câmara e pela rede de parceiros do Banco Mundial em todo o mundo.

O concurso é organizado pela Secretaria de Comunicação e pela Procuradoria Especial da Mulher da Câmara dos Deputados. As obras selecionadas também serão divulgadas pelo website do evento.

Podem participar do concurso pessoas físicas e jurídicas – associações, grupos registrados, ONGs, produtoras de audiovisual, fundações e outras organizações – privadas ou públicas, detentoras dos direitos patrimoniais das obras audiovisuais a serem inscritas.

A inscrição é gratuita e cada participante poderá inscrever até três documentários. As informações sobre o concurso poderão ser acessadas pelo sitewww.curtamariadapenha.com.br.

Os cinco vencedores serão premiados durante cerimônia a ser realizada em março de 2013, na semana comemorativa ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março, em Brasília.

Arquivo do blog