22 de novembro de 2012

Buba nega filiação ao PPS e alfineta Nonato: “Não vai pautar minha vida política”



Paraibaonline
O prefeito de Picuí e presidente da Famup, Buba Germano, negou em entrevista recente que irá ingressar no PPS, partido presidido na Paraíba por sua esposa, a deputada estadual Gilma Germano.

Buba, que está deixando o PSDB, afirmou que vai passar um tempo sem se filiar a nenhum partido, para só depois optar por uma nova legenda.

Quanto ao PPS, ele rebateu os rumores de que iria ingressar no partido para inseri-lo de vez na base aliada do governador Ricardo Coutinho (PSB), evitando que o vice-prefeito eleito de João Pessoa, Nonato Bandeira, assuma o comando do partido e o leve para a oposição.

- Ele (Nonato) tem que ganhar o diretório estadual para poder levar o partido para a oposição. A deputada Gilma tem uma posição clara: nós somos situação, ajudamos a construir a vitória do governo, e o PPS estadual continua mantendo o apoio à base do governador – respondeu Buba.

Ainda sobre Nonato, o prefeito de Picuí comentou possíveis críticas feitas pelo secretário, e avisou que “ele não vai pautar minha vida política”.

Indagado sobre seu futuro político, ele afirmou que quando deixar a prefeitura de Picuí, no final do ano, irá se dedicar a auxiliar o mandato de sua esposa e cuidar da Famup, já que foi reeleito para mais um mandato de dois anos à frente da Federação.

- Agora o projeto de 2014 é auxiliar o mandato de Gilma e dar suporte técnico aos municípios paraibanos à frente da Famup até 2014 – destacou Buba, não descartando a possibilidade de disputar um mandato na próxima eleição de 2014.

Arquivo do blog