17 de setembro de 2012

Garantia Safra começa a ser pago nesta segunda



A primeira parcela do Garantia Safra 2011/2012 nos municípios de Picuí, Sossego, Barauna, Cubatí, Cuité, Nova Palmeira, Frei Martinho e Pedra Lavrada localizados nas regiões do Curimataú e Seridó Paraibano, começa a ser paga aos agricultores familiares na próxima segunda feira 17. Os recursos da ordem R$ 32.110.280,00 foram incluidos na folha de pagamento do mês de setembro. Os agricultores recebem o pagamento por meio do Cartão Cidadão. Os que não possuem o cartão não recebe nas Casas Lotéricas, eles devem procurar as agências da Caixa Econômica com os documentos pessoais (CPF, RG e nº do NIS) para receberem o benefício e solicitar novo Cartão.

Na primeira etapa haviam sido pagos R$ 11.069.720,00 a 16.479 famílias em 36 municípios. Até o momento, 131 municípios foram beneficiados com o Programa Garantia Safra com investimentos da ordem de R$ 43.180.000,00 numa parceria entre o Governo Federal, Estado e Municípios.

Até o final do ano, o programa injetará R$ 58,7 milhões na Paraíba, atendendo a 86.367 produtores de 171 municípios que aderiram ao programa e que tiveram perdas de pelo menos 50% de suas safras de feijão, milho, mandioca, algodão, entre outros produtos, por causa da seca.

De acordo com o orçamento total destinado para ajuda aos agricultores, o Governo do Estado entra com contrapartida de R$ 3.523.773,60, o equivalente a 6% do total. Os municípios entram com 3% e o agricultor familiar com a contrapartida de 1%.

O secretário executivo de Estado da Agricultura Familiar, Alexandre Eduardo Araújo, disse que os recursos do Garantia Safra ajudam a fortalecer o comércio local e, sobretudo, o agricultor que é atingido pelos efeitos da estiagem.

“Essa é uma alternativa encontrada e o Governo da Paraíba faz a sua parte, entra com a contrapartida de 6% no programa já tendo pago todas as parcelas ao Ministério do Desenvolvimento Agrário para que os nossos agricultores sejam atendidos”, declarou.

O secretário de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca Marenilson Batista, ressaltou que o benefício chega na hora certa, uma vez que os agricultores dependem desse dinheiro nesta época de estiagem. “Os municípios que ainda não pagaram seus aportes façam o mais breve possível para que outras famílias recebam a indenização pela perda da safra”, apelou.

O Garantia Safra é uma das linhas do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O benefício é pago em cinco parcelas de R$ 136,00, totalizando R$ 680,00.

Os agricultores recebem o pagamento por meio do Cartão Cidadão. Os que não possuem o cartão devem procurar as agências da Caixa Econômica com os documentos pessoais (CPF e RG) para receberem o benefício e solicitar novo Cartão.

Arquivo do blog