18 de setembro de 2012

Começam as inscrições para o Projovem Trabalhador



As inscrições para o Programa Trabalhador – Juventude Cidadã começam nesta segunda-feira (17) em 89 municípios paraibanos. Estão sendo oferecidas 7 mil vagas para jovens na faixa etária entre 18 e 29 anos que sejam estudantes e estejam em situação de desemprego. As matrículas serão feitas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) dos municípios contemplados.
Os cursos começarão em outubro com duração de 350 horas e bolsa auxílio para o aluno no valor de R$ 100,00 por seis meses, totalizando R$ 600,00 no final da formação. O aluno também receberá um kit estudantil (material didático). Também serão fornecidos transporte e lanche durante o período dos cursos.
“O Projovem Trabalhador é uma forma de inserirmos os jovens no mercado de trabalho. Ao final do curso, as empresas executoras terão que colocar no mercado de trabalho 30% dos alunos que fizerem os cursos”, explicou a secretária de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), Cida Ramos.
Os cursos contemplarão nove áreas ocupacionais: administração, agroextrativismo, alimentação, construção e reparos, metal-mecânica, pesca/piscicultura, telemática, turismo e hospitalidade e vestuário.
Segundo o presidente do Comitê Gestor do Programa, Luiz Lianza, da Gerência Operacional de Qualificação Profissional da Sedh, os municípios de Itaporanga, Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Patos e Esperança não estão mais na lista dos municípios contemplados a pedido do Ministério do Trabalho, porque já tinham contrato do Programa com o MT. Ainda de acordo com Lianza, as vagas desses municípios foram remanejadas.
Critérios e documentação necessária – Os interessados em fazer o Projovem Trabalhador precisam comprovar que têm entre 18 e 29 anos, renda familiar de um salário mínimo; estar frequentando a escola no Ensino fundamental ou médio ou outras modalidades de ensino como EJA e Brasil Alfabetizado.
Também podem fazer o curso os jovens que estão em situação de desemprego, mas eles deverão ter concluído o Ensino Médio.
A documentação necessária para as inscrições são Certidão de Nascimento ou RG, CPF (Situação Regular), NIS (Número de Identificação Social) e comprovante de matrícula ou declaração da escola.
Clique aqui e confira a quantidade de vagas por município.

Arquivo do blog