11 de julho de 2012

Cartaxo promete conclusão de obras, segurança e ampliação de escolas em tempo integral; confira


Cartaxo promete conclusão de obras, segurança e ampliação de escolas em tempo integral; confira

11/07/2012 | 18h11min

O deputado e candidato a prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), comentou que ao chegar à prefeitura ‘nenhuma obra que ficar para ser concluída no próximo ano vai ficar paralisada’.
Em entrevista ao programa Rede Verdade da TV Arapuan desta quarta (11), o deputado destacou entre outras propostas de campanha, que vai concluir todas as obras deixadas pela administração corrente. “Tudo o que estiver em andamento vai ser concluído”, destaca.
Além das obras o deputado atentou para o problema da segurança pública, saúde, educação e cultura. “Não vamos trazer o problema da gestão da segurança para o município, que é responsabilidade do Estado, mas vamos dar a colaboração para a segurança pública. É uma responsabilidade de todos nós”, destaca.
O petista afirmou que pretende elaborar um projeto de segurança social para João Pessoa e fazer trabalho preventivo em relação ao combate à violência. O foco desse combate começaria na educação ampliando o número de escolas em tempo integral na Capital. “Queremos estimular e tentar universalizar o ensino em tempo integral”, conta.
Cartaxo comentou também que pretende descentralizar a cultura e fazer com que ela chegue aos bairros. Além disso ele destacou a política de esportes que já vem sendo desenvolvida pelo prefeito Luciano Agra (sem partido) onde ele vai investir na recuperação de campos de futebol, estimular áreas públicas de lazer.
“Vamos tomar medidas sociais e preventivas e ao mesmo tempo outras mais ostensivas, temos que equipar e reestruturar a guarda municipal”, conta e destaca que o prefeito Agra já está incorporando mais 150 profissionais aprovados em concurso público.
O candidato também atentou para a necessidade de colocar câmeras não só para o controle do trânsito, mas também para monitorar e combater a violência. Ele destacou também a questão da iluminação da cidade que é padrão e em áreas com fluxo maior de pessoas seria necessária uma iluminação diferenciada ‘que clareie mais e deixe a população mais segura’

Marília Domingues

Arquivo do blog