20 de maio de 2012

Decepcionante...

Essa foi a única palavra que consegue definir o meu sentimento em relação a abertura dos Jogos Escolares da Paraíba no Município de Cuite, realizada na noite de ontem, dia 18 de Maio de 2012, no Ginásio Municipal de Esporte. Uma cerimônia (se é que se pode dar esse nome) totalmente equivocada, com erros de cerimonial e de planejamento que frustrou todas as pessoas que se fizeram presentes a tentativa de evento.
Eu, como cuiteense, e acredito que todos nós, que sempre presenciamos aberturas memoráveis, não posso engolir, nem que me deem desculpas baseadas em factóides, a pobreza (essa realmente é a palavra), a pobreza que foi o evento de ontem.
Mesmo diante do que foi apresentado, o público ficou sem saber, não conseguiu entender. Erros gritantes:
a) Os atletas entraram ao som de uma filarmônica da cidade de Picuí, que erroneamente executou hinos (da bandeira, do soldado) que não devem ser executados para esse fim.
b) O cerimonial conduziu a oração do "Pai Nosso" In Memoriam"  a uma aluna de uma escola da cidade de Cuité, quando o correto seria a condução de 01 minuto de silêncio.
c) A Bandeira dos Símbolos Olímpicos não apareceu na cerimônia.
Afora isso, faltaram as apresentações culturais, o acendimento da tocha, momento sempre esperado, foi decepcionante. Esse momento, que sempre é esperado com grande expectativa por todos, aconteceu de uma forma que deixou todo o público presente sem saber o que estava acontecendo.
Realmente, desde o ano de 1986, ano em que fui apresentado aos Jogos Escolares e da qual participei, nunca houve uma abertura tão estranha quanto a de ontem. 
Não sei o que aconteceu, apenas estou registrando o sentimento de vazio que ficou em mim e acredito que em muitos. Depois de declarado oficialmente abertos os jogos, a cerimônia foi encerrada de uma forma jamais vista. Tanta estranheza causou no público que as pessoas demoraram a deixar o ginásio, esperando por algo que realmente, acredito, não havia sido planejado.

 
Fonte do blog de http://jeancuite.blogspot.com.br/





Arquivo do blog