7 de março de 2012

Vereador Olivânio desmente o Prefeito Buba de Picuí


Vereador Olivânio desmente o Prefeito Buba de Picuí no que diz respeito ao salário pago aos Professores. Confiram no Blog do Vereador: http://vereadorolivanio.blogspot.com/2012/02/salario-professores.html  Já em Cuité a Prefeita Euda Fabiana assina Lei que paga acima do Piso Nacional. Para os que gostam de comparar: Enquanto Picuí paga o menor salário a R$ 1.084,24, Cuité paga R$ 1.122,07 acima do Piso Mínimo Nacional que é R$ 1.088,00.

Veja a Matéria do Vereador Olivânio da cidade de Picuí:

Após decisão do Ministério da Educação de aumentar em 22% o piso salarial nacional dos professores, o prefeito de Picuí e Presidente da FAMUP, chegou a afirmar que o menor salário pago ao magistério no município é de R$ 1.760,00.

No entanto, o vereador Olivânio contesta essa afirmação e prova que o menor salário pago ao professor é de R$ 1.084,24 mesmo com o acréscimo de 14,13% em janeiro.

Para chegar ao valor estipulado pelo prefeito, os profissionais precisam trabalhar dois turnos, o que pode passar das 40 horas semanais.

A Lei que define a Estrutura do Estatuto do Magistério municipal estabelece no Art. 26 que: As atribuições específicas do professor da educação básica serão desempenhadas obrigatoriamente em jornada de 25 (vinte e cinco) horas semanais, sendo 20 (vinte) horas de docência em efetivo exercício de sala de aula e 05 (cinco) para preparação de atividades pedagógicas em suas unidades de ensino.

A Lei do Piso Nacional define um valor mínimo a ser pago aos professores e não um teto. O que o Prefeito de Picuí deve fazer é cumprir a obrigatoriedade dos 60 % com o magistério e o resto é querer fazer média com repasse federal que é de fato e de direito dos professores.

Confira o quadro com a remuneração dos profissionais do magistério de Picuí. 


Arquivo do blog