2 de agosto de 2011

Conheçam um pouco mais do cuiteense Everaldo de Almeida




O hobby de Everaldo de Almeida  sempre foi e continua sendo a literatura tendo como admirador poeta romancista José de Alencar e na literatura popular o poeta José da Luz, considerando Pedro Bandeira eternamente o principe dos poetas.

Everaldo é amante da literatura de cordel por entender que foi o maior meio de comunicação deste pais e também os maiores contos históricos a exemplo do: Pavão Misterioso, João Grilo e Cancão de Fogo.Everaldo de Almeida sente uma profunda saudade da década explosiva dos anos 60, dos maiores fatos históricos, revolução de 64, movimentação rip, a implantação da Jovem Guarda, da mini saia, dos Suárez dançantes, do pic-nic só não sente saudade da rigida ditadura, achando ele que a democracia é uma civilização acima de tudo de um poder através do povo e da sua soberania.Amante da música regional e as tradições do forró pé de serra comprovando as nossas raízes e tradição muito diferente da poluição sonora das bandas atuais como o cantor ver em Roberto Carlos um mito da jovem guarda e o seu romantismo a partir em que gravou Rotina. Na velha guarda fã incondicional da voz inconfundível do maior trovador das Américas Altemar Dutra e como voz tenor é admirador do grande Agnaldo Rayol e como mestre do nosso baião o inimitável Luiz Gonzaga. Ver não é ver bem é ver os que os outros não verem.Se aplico amor para quem assume, a palavra resumida pra quem ler se acostuma e o sentido da palavra professor nenhum resume Everaldo de Almeida Cuité PB.





Fonte: http://g14.com.br/cuite/

Arquivo do blog