2 de agosto de 2011

Coluna Carlos Honorato


Brasília, terça-feira, 02 de agosto de 2011



Bom dia,
Encaminho para vosso conhecimento, sinopse das notícias veiculadas nos principais meios de comunicação do Brasil.



Nacionais:

- Caixa Econômica Federal retoma Minha Casa, Minha Vida. Instituição volta a analisar projetos de construtoras para famílias com renda de até R$ 1,6 mil;  (2)

- Cresce emprego com salário de R$ 3,8 mil a R$ 8,1 mil. Economia aquecida tem forçado as empresas a criarem mais postos ou reabrirem os que foram fechados;  (2)

- Asiáticos farão máquinas pesadas no país. Quatro gigantes asiáticos da indústria de máquinas pesadas de construção devem desembarcar no Brasil nos próximos dois anos e investir US$ 610 milhões na construção de fábricas no país;  (1)

- Exportações do Brasil para os EUA sobem 46,8% em julho. Principais aumentos ocorrem nas exportações de motores para veículos, petróleo, equipamentos e siderúrgicos;  (2)

- Jac investe R$ 900 milhões em fábrica de carros no Brasil para atender à demanda local, da Argentina e do México, diz o presidente do grupo SHC, Sérgio Habib;  (1)

- Gigante japonesa Kirin paga R$ 3,95 bi pelo controle do grupo Schincariol e desembarca no mercado latino-americano de bebidas para fazer frente à Ambev e Heineken;  (1)

- Campanhas salariais. Os reajustes salariais do segundo semestre não pressionarão a inflação. Esta é a avaliação da equipe econômica do governo, contestada por metalúrgicos, petroleiros e bancários, que começam a negociar aumentos nos salários;  (1)

- Renault anuncia recall para Clio, Logan e Sandero. Campanha atinge 5.736 unidades, que devem ter suas travas das válvulas de admissão e de escape do motor substituídas;  (2)

- À prova de gripe. Anticorpo resiste a todos os vírus Cientistas anunciam a descoberta de célula que pode gerar vacina universal. (1)



Política:

- Em programa de rádio, Dilma destaca combate à miséria. Segundo ela, estão em construção cisternas e barragens para beneficiar 750 mil famílias NE;  (2)

- Após massacre, Brasil já admite tirar apoio à Síria. Após o massacre de 140 pessoas pelo governo sírio no domingo, o Brasil admitiu apoiar resolução do Conselho de Segurança da ONU contra o país se ela for consensual entre os membros permanentes. Para o Itamaraty, os atos deram um novo dado à situação;  (1)

- Fim do “eu não sabia”. Dilma exige que ministros prestem contas de todas as irregularidades cometidas ou denunciadas em suas pastas;  (1)

- Vaccarezza diz que governo não se opõe a depoimentos sobre irregularidades;  (3)

- Na esteira da ‘faxina’ de Dilma, oposição quer levar cinco ministros ao Congresso. Intenção é que titulares dos Transportes, Cidades, Agricultura, Minas e Energia e Desenvolvimento Agrário dêem respostas a denúncias veiculadas na mídia nas últimas semanas;  (2)

- Ministros de Dilma se articulam de olho nas eleições municipais de 2012. O assunto é tratado com cautela dentro do governo, mas a presidente Dilma Rousseff já deixou claro para interlocutores que aqueles que deixarem o cargo não encontrarão as portas abertas em caso de derrota nas urnas;  (1)

- Temer reunirá aliados para discutir crise na Agricultura. Irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá, disse à revista que empresa ligada ao ministério é fonte de recursos para políticos do PMDB e do PDT;  (2)

- Após denúncia, presidente do PMDB pede extinção da Conab. Empresa ligada ao Ministério da Agricultura seria fonte de recursos para políticos do PMDB e PTB;  (2)

- Dilma escala Gleisi para fazer cobranças diárias aos colegas. Chefe da Casa Civil já questiona ministros que são alvo de denúncias; Jucá pediu desculpas por declarações de irmão;  (2)

- Após retomarem vagas, ‘fichas-sujas’ querem salários retroativos. Deputados barrados vão pedir o pagamento dos meses em que ficaram de fora da Câmara.  (2)


Esportes:

- Goleiro Júlio César volta a treinar com bola no time do Corinthians. Jogador demonstra rápida recuperação e pode reassumir o gol corintiano antes do esperado;  (2)

- Com Adriano no meio, Muricy deve reforçar a defesa do time do Santos. Técnico santista quer utilizar o contra-ataque para surpreender o Vasco em São Januário, na quarta;  (2)

- Luan acerta sua permanência no Palmeiras com contrato de cinco anos. Clube alviverde teve de pagar R$ 6,7 milhões ao Toulouse, da França, para ficar com o jogador;  (2)

- Brasil vence a Áustria por 3 a 0 e se reabilita no Mundial Sub-20. Com o resultado, seleção precisa de apenas um empate para avançar na competição;  (2)

- F1 - Massa diz que rodada no início 'arruinou' sua corrida.  (2)


Internacionais:

- Sob crítica, plano anticalote dos EUA passa na Câmara. Pacote fiscal, considerado tímido pela opinião pública, tem que ser votado hoje pelo Senado. A Câmara dos Deputados dos EUA aprovou a elevação do limite da dívida do país dos atuais US$ 14,3 trilhões para US$ 15,2 trilhões;  (1)

- Cuba promete facilitar viagens para o exterior. O ditador de Cuba, Raúl Castro, disse que "flexibilizará" as rígidas regras para viagens de cubanos ao exterior, sem detalhar, porém, a medida. Hoje é preciso permissão para deixar o país;  (1)

- EUA exigem que Síria 'pare de massacrar seu próprio povo'. Líderes americanos pedem ação concreta da ONU contra repressão do regime de Bashar Assad;  (2)

- Síria amplia repressão em mês sagrado. As forças do governo da Síria intensificaram a repressão à oposição no primeiro dia do Ramadã, o mês sagrado islâmico. Nos últimos dois dias, mais de cem pessoas foram mortas;  (1)

- Novo visual. O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, apareceu ontem em ato público com o cabelo raspado. Ele brincou com os efeitos do tratamento da quimioterapia a que foi submetido após remoção de tumor;  (1)

- Israel aceita negociar fronteira pré-1967 com palestinos, diz TV. Em troca, israelenses querem que ANP desista de reconhecimento de Estado perante a ONU;  (2)

- França vai liberar US$ 259 milhões em ativos congelados a rebeldes líbios. Dinheiro deverá ser usado para a compra de itens humanitários, afirma o governo de Paris.  (2)


Brasília/DF:

- Transporte: Ônibus caro pode custar empregos. Moradores do Entorno temem que o aumento das tarifas provoque a demissão de quem trabalha no DF. Os patrões chegam a gastar 61% a mais com o transporte deles;  (1)

- A batalha pelos votos do entorno. Partido de Agnelo Queiroz busca aliados para fazer frente à candidatura de Joaquim Roriz a prefeito de Luziânia;  (1)

- Umidade relativa do ar volta a cair e chega a 19% em Brasília;  (3)

- Leilão do GDF: visitação a produtos começa nesta segunda-feira;  (3)

- O tempo em Brasília ficará hoje entre 12° e 29°. Sol com algumas nuvens. Não chove.  (3)




Gleisi Hoffmann
Ministra Chefe da Casa Civil da Presidente Dilma




Editor:
Carlos Honorato


Arquivo do blog